Lendas & Calendas

Fórum dedicado a algumas belas histórias e curiosidades dos países de língua portuguesa.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Falar é facil
Dom Dez 11, 2016 8:18 pm por Contos Infantis

» Pintores...
Ter Jun 14, 2016 7:09 pm por Admin

» Lenda da Serra do Nó (Viana do Castelo)
Dom Nov 09, 2014 10:39 pm por Admin

» A gaivota que não queria ser
Ter Ago 14, 2012 3:12 pm por Contos Infantis

» Vida Depois da Morte...
Qua Maio 02, 2012 11:10 pm por Admin

» Café em Roma...
Qua Mar 14, 2012 4:07 pm por Admin

» O Criador de Galinhas...
Seg Mar 12, 2012 8:59 pm por Admin

» Pobres Monges...
Sex Fev 24, 2012 8:13 pm por Admin

» Há putos assim... são especiais!
Dom Nov 20, 2011 4:53 pm por Admin

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum

Parceiros








Compartilhe | 
 

 Origem de Mouçós (Vila Real)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin


Mensagens : 411
Data de inscrição : 11/01/2009

MensagemAssunto: Origem de Mouçós (Vila Real)   Dom Abr 19, 2009 6:04 pm

Mouçós é terra antiquíssima. Aparece nas inquirições*, que D. Afonso III mandou fazer, com o nome “De Sancto Salvatore de Boucoos. Segundo a Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura, “Mouçós surge em 1220 com os nomes Boucoos, Baucoos e Bouzoos”.
Em 1258, era uma paróquia denominada Sancti Salvatoris de Mouzoos.

Em 1290, a grafia alterara-se para “freguesia de San Salvador de Mouçóos”. Estes vários nomes leva-nos a questionar, desde já, a origem do topónimo. Para Bandeira de Tóro esta denominação tem origem em «mons solus», usada no tempo da ocupação romana e que evoluiria, conforme facilmente se deduz, para Mouçós. Se os documentos do século XIII se referem a Boucoos, não parece curial que a origem etimológica seja a proposta por este autor, pois Mouçós e já uma segunda onomástica.

Júlio Teixeira relaciona o local com a existência, em Bouçoos, de um castro, a que também chama de “pequeno fortim junto a Guadalupe, um pouco a montante da ponte das Flores ou de Piscais” cujos vestígios desapareceram completamente, deixando no local apenas umas simples pedras, a que a tradição teima em chamar «castelo dos mouros».

Convém esclarecer que, na terminologia popular, muitas vezes, «castelo» era sinónimo de castro. Regressando a Júlio Teixeira, este opina que “o Castelo de Bouçoos era a fortaleza mais próxima da sede da região”. Segundo este mesmo investigador, “era um castro de construção análoga a todos os castros romanos e tinha como principal função a recolha duma guarnição militar para a defesa duma via romana, que lhe passava perto, e da ponte de Piscais”. As palavras de Júlio Teixeira conduzem-nos, para todos os efeitos, ao castro de S. Bento.(...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lendasecalendas.omeuforum.net
 
Origem de Mouçós (Vila Real)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Neve caiu em várias localidades de Vila Real mas circulação no IP4 não foi afectada
» Equação de hipérbole de centro fora da origem
» real e ilusão
» O Grande mistério da Natureza - A Origem de tudo que existe.
» O quinto dos inferno (origem da expressão)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Lendas & Calendas :: Toponímia :: Origem dos Nomes das Povoações Portuguesas-
Ir para: