Lendas & Calendas

Fórum dedicado a algumas belas histórias e curiosidades dos países de língua portuguesa.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Falar é facil
Dom Dez 11, 2016 8:18 pm por Contos Infantis

» Pintores...
Ter Jun 14, 2016 7:09 pm por Admin

» Lenda da Serra do Nó (Viana do Castelo)
Dom Nov 09, 2014 10:39 pm por Admin

» A gaivota que não queria ser
Ter Ago 14, 2012 3:12 pm por Contos Infantis

» Vida Depois da Morte...
Qua Maio 02, 2012 11:10 pm por Admin

» Café em Roma...
Qua Mar 14, 2012 4:07 pm por Admin

» O Criador de Galinhas...
Seg Mar 12, 2012 8:59 pm por Admin

» Pobres Monges...
Sex Fev 24, 2012 8:13 pm por Admin

» Há putos assim... são especiais!
Dom Nov 20, 2011 4:53 pm por Admin

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum

Parceiros








Compartilhe | 
 

 Será o Benedito?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
claudiorogerioguimaraes



Mensagens : 1
Data de inscrição : 17/04/2010

MensagemAssunto: Será o Benedito?   Sab Abr 17, 2010 5:30 pm

"Será o Benedito?".
Qual é o significado desta expressão? Qual é sua origem?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin


Mensagens : 411
Data de inscrição : 11/01/2009

MensagemAssunto: Re: Será o Benedito?   Sab Abr 17, 2010 6:56 pm

claudiorogerioguimaraes escreveu:
"Será o Benedito?".
Qual é o significado desta expressão? Qual é sua origem?

Olá Cláudio e obrigado por ter colocado esta pergunta à qual eu irei responder de imediato:

SERÁ O BENEDITO?

Em 1930, João Pessoa, então presidente da Paraíba e candidato à vice-presidência da República na chapa de Getúlio Vargas, foi assassinado em Recife, por razões pessoais. Apesar disso, o pleito foi realizado na data aprazada, saindo vencedor o candidato paulista Júlio Prestes . Esse resultado não foi aceito por Getúlio e seus correligionários, que alegando a ocorrência de fraude na votação, incentivaram e promoveram rebeliões em vários estados, em um movimento golpista que acabou provocando a deposição do presidente Washington Luís, em 14 de outubro de 1930, e impedindo a posse do eleito.

Nomeado dias depois - 03 de novembro - pelos generais Tasso Fragoso, Mena Barreto, Leite de Castro e almirante Isaías de Noronha, como chefe de um governo provisório, Getúlio preocupou-se em substituir os presidentes estaduais nos quais não confiava, colocando no lugar de cada um deles, interventores que escolhia pessoalmente. Em 1934, convocada a Constituinte e elaborada uma nova Constituição para a República, Vargas foi eleito presidente pelos congressistas, para o quadriênio de 1934-38.

Em Minas Gerais falava-se no nome de vários possíveis candidatos ao cargo de interventor, entre eles o de Virgílio de Melo Franco e o do advogado Benedito Valadares Ribeiro (1892-1973), natural de Florestal, pequena cidade situada a 70 quilômetros de Belo Horizonte, mas residente em Pará de Minas, onde havia exercido sua profissão por longo período, até ser eleito vereador e depois prefeito municipal. Político extremamente ladino, muito experiente, e acima de tudo praticante exímio da difícil arte do não comprometimento, qualquer que fosse a situação, Valadares foi personagem principal de inúmeros casos interessantes, fictícios ou não, que corriam de boca em boca pelas alterosas.

Num deles, dizia-se que ao ser indagado sobre sua posição a respeito de determinado assunto relevante, ele respondeu com a maior seriedade: “Eu não sou contra, nem a favor, muito pelo contrário!” . O fato é que diante da hesitação do presidente em decidir qual seria o interventor mineiro, o povo temia que ele acabasse optando pelo pior de todos, e por isso se perguntava temeroso: “Será o Benedito?” .

E foi realmente. Em dezembro de 1933, Benedito Valadares tornou-se interventor em Minas Gerais, ocupando a chefia do executivo mineiro até 05 de novembro de 1945 (poucos dias depois da deposição de Getúlio Vargas), completando, portanto, um mandato de 11 anos consecutivos, façanha que provavelmente nenhum outro governador mineiro jamais alcançará. Desse fato histórico restou a expressão “Será o Benedito?”, usada sempre que alguém tem alguma dúvida sobre qualquer coisa.

FERNANDO KITZINGER DANNEMANN
Publicado no Recanto das Letras em 16/01/2006
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lendasecalendas.omeuforum.net
 
Será o Benedito?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Indígenas, canibais e etc\'s serão salvos?
» internet: será a marca da globalizaçao do dominio da besta?
» A ressurreição dos Justos será antes ou depois do milênio ?
» Mudanças para as próximas convocações, será verdade????
» Os eleitos serão jogados no inferno

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Lendas & Calendas :: Curiosidades da Língua Portuguesa :: Expressões Idiomáticas Brasileiras-
Ir para: