Lendas & Calendas

Fórum dedicado a algumas belas histórias e curiosidades dos países de língua portuguesa.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Login  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Falar é facil
Dom Dez 11, 2016 8:18 pm por Contos Infantis

» Pintores...
Ter Jun 14, 2016 7:09 pm por Admin

» Lenda da Serra do Nó (Viana do Castelo)
Dom Nov 09, 2014 10:39 pm por Admin

» A gaivota que não queria ser
Ter Ago 14, 2012 3:12 pm por Contos Infantis

» Vida Depois da Morte...
Qua Maio 02, 2012 11:10 pm por Admin

» Café em Roma...
Qua Mar 14, 2012 4:07 pm por Admin

» O Criador de Galinhas...
Seg Mar 12, 2012 8:59 pm por Admin

» Pobres Monges...
Sex Fev 24, 2012 8:13 pm por Admin

» Há putos assim... são especiais!
Dom Nov 20, 2011 4:53 pm por Admin

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum

Parceiros








Compartilhe | 
 

 Lenda do Lidador ou a Lenda da Porta da Traição (Óbidos)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin


Mensagens : 411
Data de inscrição : 11/01/2009

MensagemAssunto: Lenda do Lidador ou a Lenda da Porta da Traição (Óbidos)   Sex Maio 01, 2009 11:15 pm

Numa noite sem luar, cercava o exército de D. Afonso Henriques a fortaleza de Óbidos onde os mouros resistiam já há cerca de dois meses.

D. Afonso Henriques e Gonçalo Mendes da Maia, o Lidador, tinham decidido que o ataque seria realizado na madrugada do dia seguinte antes de se retirarem para as suas tendas.

Dormia já o Lidador quando foi acordado por uma voz de mulher que lhe pedia para ser conduzida à tenda do rei de Portugal, pois tinha algo de importante a comunicar-lhe. A jovem vivia no castelo dos mouros mas não sabia se era moura porque nunca tinha conhecido os seus pais.

Temendo uma cilada dos mouros, foi com alguma relutância que o Lidador a conduziu à presença do rei, perante o qual a jovem revelou o sonho que se repetia há três noites. Neste sonho, aparecia-lhe um homem novo de barbas castanhas e olhar doce que a incumbiu de transmitir uma mensagem para o rei de Portugal: o rei deveria reunir os soldados e liderá-los num ataque surpresa na parte fronteiriça do castelo, enquanto que o Lidador se deveria dirigir com dez homens às traseiras onde a jovem donzela abriria uma porta para os deixar passar.

O homem de olhar doce prometia Óbidos aos cristãos e a salvação à jovem donzela. Apesar da hesitação do Lidador, D. Afonso Henriques já não se atrevia a duvidar dos desígnios divinos após o Milagre de Ourique.

Na manhã seguinte, Óbidos foi conquistada conforme o sonho da misteriosa jovem que nunca mais foi vista. A porta que franqueou a entrada dos cristãos ficou para sempre conhecida como a Porta da Traição.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lendasecalendas.omeuforum.net
 
Lenda do Lidador ou a Lenda da Porta da Traição (Óbidos)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Diário dos Sonhos Lúcidos de Emerson Pawoski
» Nazismo e religião: visão de um pastor
» A Mitologia Tupi-Guarani
» Porque existe semelhanças na história de Jesus com a dos deuses pagãos?
» Separação de misturas 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Lendas & Calendas :: Lendas e Contos Tradicionais :: Lendas, Mitos e Contos Tradicionais Portugueses-
Ir para: